terça-feira, 30 de junho de 2009

Eu Recomendo - Os Normais 2



Caros,

Os Normais, é um filme de se chorar de rir. E pelo que o trailer de Os Normais 2, a continuação não fica devendo nada.
Esse com certeza eu vou assistir!

Um brinde a todas as mulheres, loucas e problemáticas como a Vani!
Elas fazem a nossa vida ser muito mais divertida.

Cheers

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Segunda rima com bunda

Como estou em atraso com as postagens de segunda.

Hj o post é em dose drupa.....rs


Have fun




domingo, 28 de junho de 2009

Como organizar suas contas

Fala pessoal,

Depois de uma sumida do Blog. Eis um tema que eu andei pesquisando bastante nos últimos tempos - depois de ter sofrido bastante com umas noites mal dormidas.

Sua conta vive menstruada? Ou é meio furada e tudo que cai lá some?

Vamos ao resgate da sua paz financeira. Baseado nos conselhos de Robert T. Kiyosaki - criador do jogo financeiro/educativo Cashflow e também co-autor do livro Pai Rico, pai Pobre.

(O que os ricos ensinam a seus filhos sobre dinheiro)

Introdução

Não sou o colaborador mais adepto de posts ao estilo lero-lero, mas nesse caso você precisa entender o porquê das coisas, ou seja, resumindo para onde iremos ao final desse post?

No princípio, todos nascemos sem dívidas. E por algum motivo "mágico", chegamos a uma situação em que nosso "salário" ou renda mensal só apaga o incendio e continuamos a rolar o problema para o próximo mês. Uma analogia que costumo utilizar é de chuva no deserto - antes de pingar no solo a água de evapora e o problema continua lá, para evaporar a chuvinha do próximo mês.

Guia de Leitura


Clique aqui para fazer o download do e-book

O jogo

Trata-se de um jogo financeiro/educacional, de tabuleiro - a primeira coisa que vocês irão perceber é que o jogo é meio trabalhoso, isto é, você precisa montar de forma "semi-automática" suas planilhas de gastos, isto é, organizar seu Cashflow.

Não existem assistentes em contras de títulos, se você fugiu das aulas de matemática e é péssimo de matemática básica, vai encontrar uma justificativa bem simples e que se ju$tifica ao tentar jogar.

Clique aqui para fazer download jogo versão eletrônica

Considerações finais

Se você começou lendo esse post achando que encontraria uma receita mágica para zerar suas contas, não se apresse. Porque o primeiro passo será muito bem descrito pelo livro.

A receita de bolo é:
  1. Pagar as dividas de maior taxa primeiro (cartão de crédito, cheque especial - por exemplo).
  2. Fazer um levantamento para ver de fato quanto você ganha e quanto você gasta mensalmente.
  3. Fazer previsão dos gastos anuais como Imposto de Renda, IPVA e Seguros.
  4. Criar a hábito de controlar suas contas.
Se você não é muito fã de montar planilhas, sugiro o pyContas: http://www.guilhermejr.net/pycontas-03/

Um ótimo começo e boa jornada para todos ;)

Cafe da manha de Macho!!!




Via desmotivado.com

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Post protesto\indignação

Tô aqui vendo TV aberta, quarta-feira zapeando entre os canais já que não torço pra nenhum dos times envolvidos nas semi-finais da Libertadores.

Cai no Super-Pop da rede TV. Que a tal Luciana Gimenez é tosca não é novidade para ninguém, mas dessa vez a piranha se superou.

Matéria "Relação dos jovens e seus ídolos". Ela pegou uma fã, que qualquer um vê que a guria tem problema mental, conversa na frente da guria no palco com um "psicólogo" reclamando do amor absurdo, nas palavras dela, da menina em relação a ela.

Cara, já vi muita coisa tosca em virtude de audiência, mas ridicularizar o próprio fã, pior, sendo esta pessoa portadora de necessidade especial. Ganhou o prêmio.

Fabião do Morróida tem razão. Certas coisas no Brasil são de deixar a gente seriamente descrente em um desenvolvimento racional e decente do país como uma nação.

Lamentável, absurdo, beira a indecência.... tomara que as autoridades estejam atentas. O canal merece uma punição por uma exposição absurda dessas.

Saco Roxo e Ice Cream, não estou begado viu? rs.rs.rs.rs.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Intro de autobiografia de um cara de 20 e poucos anos

Quando eu era criança pensava em ser cientista - desmontava todos meus brinquedos e tentava criar novos. Uma vez peguei a plataforma de um carrinho de controle remoto e fiz um barco, outra vez consegui ligar uma caixa de som num dispertador, daqueles bem sem vergonha de camelô que vendiam por R$ 1,99. Mas algumas experiências também não davam muito certo... ou então eu desmontava um brinquedo e não conseguia re-montar, nesse último caso a cratacada era certa. Por conta disso já levei algumas chineladas, umas cintadas. Na minha educação não rolou muita psicologia infantil hehehe

Minha mãe dizia que era falta de juízo, mas eu defino como "Ausência do medo da consequência". Eu sempre soube da consequência de Quase tudo que eu aprontava. E hoje até acho que essa é a minha maior virtude, não tenho medo de tentar fazer as coisas. Qualquer coisa. Quando andei a primeira vez numa moto de corrida eu andava no limite da minha falta de perícia, os saltos eram altos o suficiente pra me estrepar bastante e, meio que ficava entre uma linha estreita entre levar um capote e a vondade de andar mais rápido e saltar mais longe.

Outra vez eu fui desafiado a pular de uma ponte. Pulei, mas me estrepei... Resumindo.

Também já bati o carro algumas vezes mas numa batida em especial eu não consegui me lembrar onde foi... bebi um pouco meio muito e fiquei uns 3 meses com ressaca moral. Três meses porque foram 3 cheques pré-datados.

Furo todos os sinaleiros possíveis, ultrapasso pela direita e se alguém tenta me corrigir eu sempre encontro algum argumento esfarrapado. Se você quiser tentar, sinta-se a vontade. Gosto de treinar a retórica e a argumentação.

Gosto de desafios, não só dos estúpidos, como pular de ponte. Fui desafiado a parar de fumar por 3 meses... E já se passaram 41 dias (Até hoje, dia 21 de Julho). Mas pretendo voltar a fumar depois desse período e muita gente diz que isso sim é burrice... Mas achei fácil parar de fumar, ainda mais com dinheiro envolvido.

Também gosto de me desafiar. Uma época eu acordava as 5 da manhã pra ir correr - tem coisa pior?

Tenho gosto por descobrir como as coisas funcionam, não só brinquedos, mas as pessoas também. E eu tento sempre melhorar a rotina desses lugares ou coisas, é fácil mudar pra melhor o seu dia com coisas simples... como pegar um caminho mais longo que o mais curto stressante.

Não falo pouco, mas também não gosto de falar muito - queria evitar uma frase feita, mas acredito que o "menos" é "mais". Sei que é meio clichê, que "todo mundo" fala a mesma coisa, mas quem não me conhece geralmente tem uma impressão errada. A exemplo do trânsito - pode parecer contraditório, mas por ter um tipo mais agressivo de direção eu presto 2x mais atenção para não colocar ninguém em perigo, sei que é impossível, mas eu tento.

Sempre que eu vou viajar todo mundo fala: vai de-va-gar... pricipalmente a minha mãe. Mas na semana passada bateram no carro dela que estava irônicamente Devagar, um camarada entrou na traseira do carro e quis fugir. Ela me ligou e eu sai a milhão... E se não houvesse costume pra colar os ponteiros em pleno horário de pico, o preju seria de quem?

Depois dessa descrição alguns podem não concordar, mas sou um cara Muito responsável. Aprendi a prometer e honrar a minha palavra.

Pra completar: não penso em morrer cedo, mas como não sei do amanhã. Tenho uns 2 seguros de vida. Se eu morrer eu deixo pelo menos umas 3 pessoas felizes e de bolso cheio, ou tristes... Sei lá...

Bebida e volante não combinam mesmo.....



Eu ri, mais ri muito!!!!
Por isso eu bebo, e ando de taxi.....

Origami Útil

Finalmente alguém inventou uma utilidade bacana para o tal Origami.


quarta-feira, 17 de junho de 2009

A imagem da Semana!!!



Essa com certeza é a melhor.

Via Testosterona!

terça-feira, 16 de junho de 2009

10 perguntas extremamente importantes antes de namorar alguma gata.....

- Ronca?

- Algum problema de flatulência? Em caso positivo, como se dá?

- Algum parente próximo já sofreu crise de catatonia, esquizofrênia ou tem hálito desagradável?

- Gosta de comer algo repugnante, do tipo buchada de carneiro, miolo, Quarteirão com Queijo ou jiló?

- Come de boca aberta?

- Usa drogas ou álcool? Recreativamente? Em caso negativo, já teve oportunidade de ver jacarés andando pela parede?

- Emite sons desagradáveis durante a relação sexual? De que tipo? Animalescos, guturais, eletrônicos?

- Professa alguma religião xiita, tipo “Sara Minha Terra”?

- A personalidade de minha futura sogra se encaixa em qual destas categorias: raivosa, competitiva, neurótica, histriônica, onipotente, superprotetora, castradora.

- O HIV está em dia?

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Homenagem romântica as nossas pseudo-namoradas

Amor(es) da minha vida,

Sim, vc(s) sabe(m) que estou falando exclusivamente para você(s).

Veja este singelo clipe, prometo fazer igual só pra vc meu chuchuzinho.

Encontre o ble

blablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablableblablablablablablablablablabla

Não vale ctrl+F

Segunda rima com bunda

terça-feira, 9 de junho de 2009

Como comer aquela sua amiga comprometida.

Então, você está apaixonado por uma de suas amigas, mas ela tem namorado e provavelmente não vai dar pra você de qualquer forma.

Do que você precisa:

- 1 faca
- 1 anel
- acesso a uma câmara de bronzeamento
- capacidade de deixar uma barba crescer.

Vamos ao guia:

1º Passo: Coloque o anel no seu dedo anelar esquerdo, o do casamento, e evite o contato com a sua amiga durante um mês..

2 º Passo: Pare de se barbear e comece a usar a câmara de bronzeamento pra ficar com aquela corzinha esperta.

3 º Passo: Depois de um mês, quando você estiver com a barba bem cheia e seu bronzeado for bem fácil de notar, retire o anel do seu dedo.

4º Passo: Tira todas as suas roupas e arrume um jeito de invadir a casa da sua amiga.

5º Passo: Use a faca para fazer cortes superficiais em várias partes do seu corpo. Evite o rosto. Se possível, se concentre na area das costas. Quanto mais sangue melhor.

6º Passo: Entre no quarto dela e deite com a face virada para o chão. Espere ela chegar em casa.

7º Passo: Quando ela entrar no quarto, finja que está inconsciente. Deixe que ela vire você e tente acordá-lo por alguns segundos antes de abrir os olhos. As feridas no seu corpo vão server de distração para o fato de você estar pelado. Ela vai estar mais preocupada com o seu bem-estar do que ficar apavorada com um um homem nu no quarto dela.

8º Passo: Quando ela perguntar o que aconteceu, ignore suas perguntas. Em vez disso, aja confuso e pergunte e data. Se for 15 de Setembro, ela vai responder “15 de Setembro”, e aí você deve responder: “Não, que ano que é”.

9º Passo: Assim que você ouvir o ano, diga “Funcionou”. Finja perder a consciência novamente, por alguns segundos, como se tiver dito isso tenha tomado muito esforço.

10º Passo: Se sua amiga é uma pessoa curiosa, ela provavelmente vai perguntar o que funcionou. Mas mesmo se ela não perguntar, essa é a hora em que você diz “[Insira aqui o nome da sua amiga], eu sou do futuro” com a voz mais perplexa possível.

11º Passo: Pause por uns 10 segundos para permitir que a incredulidade da situação perca espaço. Afinal, não existe razão para ela duvidar de você: a barba e o bronzeado vão fazer você parecer muitos anos mais velho e os cortes vão contribuir para a idéia de que você vem de um futuro pós-apocalíptico mergulhado em uma guerra.

12º Passo: Erga sua mão esquerda na altura da face. Como toda mulher é muito observadora, ela vai notar a marca não-bronzeada no seu dedo da aliança. Se ela for minimamente inteligente, vai perceber que o anel simplesmente desapareceu, afinal, está bem óbvio que roupas e outros itens não podem viajar através do tempo. Sua nudez vai dar suporte a toda essa história.

13º Passo: Agora vem a parte difícil: o monólogo.Com as suas palavras, você deve fazer um pequeno discurso no qual você deve mencionar todos esses assuntos:

a) Vocês dois estão casados um com o outro no futuro

b) O atual namorado dela está morto

c) O mundo está próximo do fim. O motivo, você escolhe, mas eu recomendo uma guerra contra as máquinas. Até porque as franquias do Exterminador do Futuro e de Matrix te dão material de sobra para criar um background para a história.

d) No futuro, a relação de vocês não está indo às mil maravilhas

e) Você voltou no tempo porque não podia deixar de sentir que ela teria sido mais feliz com o atual namorado se ele não tivesse morrido

f) O atual namorado dela morrerá atropelado em 6 meses, atropelado por um ônibus no caminho do trabalho. E ela deve impede-lo de trabalhar nesse dia

g) Se ela fizer exatamente o que você disser, essa versão que ela está vendo de você desaparecerá e vocês nunca se casarão. Se ela te questionar sobre a falha absurda dessa sua lógica sobre viagens no tempo (paradoxos, etc, vejam Lost, os 12 Macacos ou A Máquina do Tempo para entender), dê uma enrolada nela usando como referência linhas do tempo alteradas, De Volta Para O Futuro, etc.

14º Passo: A menos que sua amiga seja feita de pedra, ela agora vai estar transbordando de emoção, especialmente pelo seu altruísmo. Levante-se e dê um beijo de despedida nela. É importante que você faça isso com a confiança de um homem que já fez isso várias vezes (afinal, vocês supostamente foram casados por anos).

15º Passo: Não existe a menor chance de vocês não estarem prestes a transar. Você tá pelado, beijando ela, no quarto dela, se dispondo a apagar a própria existência da história só para fazê-la feliz. E até onde ela sabe, vocês já treparam milhões de vezes no futuro que não vai mais acontecer. Então ela pensa que talvez deva pelo menos ter alguma lembrança disso.

16º Passo: Depois do sexo, peça algumas roupas emprestadas e vá embora.

17° Passo: Faça a barba, fique um tempo sem pegar sol pro bronzeado sumir e enquanto isso use alguma coisa para cobrir a marca da aliança. E aja como se nada tivesse acontecido. Existem 3 possibilidades de desdobramento:

1) Durante a transa, alguns sentimentos que era não sabia que existiam vão despertar e ela vai largar o namorado por você.

2) A vida vai continuar normalmente

3) Você vai se sentir culpado por causa da nebulosidade moral da coisa toda, que você não está inteiramente certo se conta ou não de certa forma como algum tipo de estupro . Você vai tirar sua própria vida com uma forca, uma overdose ou cortando os pulsos.



Chorei de tanto rir!!!!!
Vc já acessaram o vidaordinaria ?

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Não se esqueça!!!!

No dia dos namorados, não se esqueçam disso meninas!!!!














Kibado do testosterona

A privada do futuro pode salvar seu casamento


Ela sobe, ela desce, ela dá uma rodada. A privada do futuro é linda, mas é importante mesmo para acabar com a eterna briga entre homens e mulheres que moram juntos: O dilema da tábua.

No começo, o grande problema era quando homens faziam xixi sem levantar a tábua. Por maior que seja o controle, existe o risco de acidente. E quem sofre é a mulher, que não pode fazer suas necessidades de pé, apesar das técnicas revolucionárias da Ivete Sangalo. A questão evoluiu e, recentemente, outro entrave é o de não fechar a tampa da privada depois das necessidades. “Eu não sou obrigada a ficar vendo o que você fez”, elas dizem. E têm razão.

Mas com a privada do futuro, esses problemas acabaram. Uma de suas faces é como um mictório de banheiro público. Basta, porém, a mulher apertar um botão que o aparelho roda no próprio eixo, revelando um assento.







E não é só isso! A tábua, depois do uso, é higienizada por um sistema que espirra vapor d’água e emana raios ultravioleta. Sem chances para micróbios e bactérias.

A invenção é do designer Young Sang Eun.

Via Yanko Design.


Post enviado pela Crs. Valeu moça!!

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Mulheres para viciados em informática

Mulher Vírus: Quando você menos espera, se instala em seu apartamento e vai tomando posse de todo o espaço. Se pensar em desinstalá-la, vai perder muitas coisas. Se não pensar, perderá tudo.

Mulher Internet: Tem que pagar para ter acesso a ela.

Mulher Servidor: Sempre está ocupada nos momentos de maior necessidade.

Mulher Windows: Você sabe que tem muitas falhas, mas não pode viver sem ela.

Mulher Macintosh: Preciosa, infalível e muito cara, sem compatibilidade com outras. Só 5% dos homens possuem uma.

Mulher PowerPoint: Ideal para ser apresentada em festas, convenções, etc.

Mulher Excel: Dizem que essa faz muitas coisas, mas você acaba por usar apenas as operações básicas.

Mulher Word: Ela tem sempre uma surpresa reservada pra você e não existe ninguém no mundo que lhe consiga compreender totalmente.

Mulher DOS: Todos já tiveram um dia, mas ninguém quer agora.

Mulher Backup: Você crê que tem o suficiente, mas na hora do “vamos ver”, sempre falta algo.

Mulher Scandisk: Essa é uma boa pessoa que só quer ajudar, mas no fundo não sabe nada do que está fazendo.

Mulher Screensaver: Não serve pra nada, mas te diverte.

Mulher Paintbrush: Uma carinha bonita e nada de conteúdo.

Mulher Mouse: Só funciona no empurrão.

Mulher Multimedia: Faz com que tudo pareça bonito.

Mulher Usuário: Não faz nada direito e ainda fica o tempo todo fazendo perguntas.

Mulher e-Mail: De cada 10 coisas que fala, 9 é pura idiotice.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Treinando hipnose em homens

Acho que consigo hipnotizar homens por 1min e 34s.

Vamos testar, clica em play.




E agora saia do transe jovem padawan.

terça-feira, 2 de junho de 2009

50 coisas pra se fazer se estiver entediado na fila do banco

1. Teste o extintor de incêndio da agência.
2. Leve um aparelho de som 3X1 e coloque música gospel nas caixas.
3. Barbeie-se / depile-se.
4. Imite o ruído de fogos de artifício quando o caixa atender alguém.
5. Conte uma piada sem graça e ria sozinho.
6. Insinue que a grávida que está na fila do Caixa Preferencial usa barriga postiça.
7. Compre um saco de pururucas e mastigue.
8. Venda rifa.
9. Leia em voz alta os folhetos de propaganda do banco.
10. Use um dos balcões para fazer abdominais, repetindo: “um, dois!”
11. Toda vez que o painel de senha mostrar um número, repita-o em voz alta.
12. Peça dinheiro emprestado ao vizinho.
13. Mantenha-se de costas para a pessoa à sua frente.
14. Peça para guardarem seu lugar e, ao voltar, passe na frente de quem guardou.
15. Toque o jingle do banco com a boca, imitando um trombone.
16. Sempre que o caixa validar um documento, imite o ruído de uma máquina registradora.
17. Leve um apito e toque-o sempre que a fila andar.
18. Informe as horas, minuto a minuto, seguido do slogan do banco.
19. Quando alguém não conseguir fazer uma operação no caixa eletrônico, murmure: “OSTRA”.
20. Duble, em voz alta, o caixa dizendo a um cliente que o saldo dele está negativo.
21. Quando a fila andar, finja que está cochilando.
22. Faça “din-don” sempre que uma pessoa entrar na fila.
23. Encoste o dedão à esquerda das costas da pessoa à sua frente. Quando ela se voltar, vire bruscamente a cabeça para a direita.
24. Brinque de puxa-cueca com o colega da frente.
25. Cante uma da Jovem Guarda e diga: “ TODO MUNDO COMIGO, SHA-LÁ-LÁ-LÀ!”
26. Passe um abaixo-assinado contra a política de juros altos.
27. Minta que há um caixa disponível, e sem fila, no andar de cima.
28. Espalhe que a senhora gorda, lá do fundo, tem uma arma na bolsa.
29. Pergunte se alguém quer ser sua testemunha num processo contra o banco.
30. Coma uma fatia de melancia e saia da fila toda hora para cuspir os caroços.
31. Veja com o segurança se ele deixa você dar uma olhadinha no revólver dele.
32. Pergunte ao caixa por que eles cospem no dinheiro quando vão contá-lo.
33. Conte histórias de assalto a banco.
34. Pergunte a um atendente aonde fica o caixa-forte.
35. Acenda um cigarro de palha.
36. Promova uma “ola”.
37. Monte um aviãozinho de papel e jogue na mesa do gerente.
38. Se um carro forte chegar, cantarole o tema de “Os Intocáveis”.
39. Ensine um colega de fila a fazer massagem cardíaca.
40. Pergunte se alguém quer ser seu fiador.
41. Escreva numa folha de papel: “IDIOTA NÚMERO 107” e fique segurando.
42. A cada cliente atendido, puxe uma salva de palmas para o caixa.
43. Ria descontroladamente das pessoas que ficam presas na porta giratória.
44. Lembre aos outros o que poderiam estar fazendo se não estivessem ali.
45. “Por que bancos gastam tanto com propaganda e nada com caixas?”
46. Leve uma marmita e almoce.
47. Na hora que um dos caixas sair para almoçar, berre: “PEGA!”
48. Coma uma goiaba.
49. Ofereça-se para segurar a pilha de documentos de um boy e derrube-a no chão.
50. Quando chegar sua vez de ser atendido, puxe um longo discurso do bolso e leia.

Ps. eu já fiz ou já vi pessoas fazendo os números 33, 5, 9, 11, 13, 15, 21, 23, 44 e 45.