terça-feira, 9 de novembro de 2010

O que é ser um DJ?


Com a atual tecnologia de áudio e o advento do MP3, qualquer um pode ser DJ.

Sim, qualquer um!

Virou figurinha fácil em baladas vermos personalidades, famosos e pseudo-famosos com o fone de ouvido atrás das pickups.



Ora se não vejamos, você vai numa comunidade do Orkut ou no MySpace ou outro site de relacionamentos qualquer e lá terão milhares de sets postados por Djs que postam seus trabalhos. Esses famosos simplesmente dão o play e ficam fingindo estar mixando mexendo nos pitches e controladores do mixer, que obviamente está em outro canal e suas alterações não farão diferença.

Na verdade, eles "dublam" a mixagem.

Salvo raríssimos casos, como o Jesus Luz, Igor Cavalera, Júnior irmão da Sandy entre outros, os famosos vão ali apenas para ser fotografados. Lamentável.

Mas voltando ao assunto.

Antes era preciso fazer a mixagem no ouvido, conhecer o equipamento, dominar tempo e batida da música, além de conhecer todos os efeitos utilizados.

Hoje, com o MP3 e computadores potentes, você simplesmente seleciona um playlist no Virtual DJ, configura as bandas de grave e agudo e pode ir beber vodka com energético pq sua noite tá resolvida.

Bom por um lado, ruim por outro. Como toda tecnologia, acredito que quem criou esses tipos de programa não tinham a intenção de merdalizar o trabalho de DJ, mas foi o que aconteceu.

Ainda existem excelentes Djs, talentosíssimos e muito bem sucedidos, caso de David Guetta, que passou pelo país em turnê e arrebentou nas baladas.


Sugiro ouvir um pouco dele - LINK


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se comentar, cerveja nunca vai faltar!