domingo, 8 de novembro de 2009

Teste para identificar mulheres psicopatas

Olá pessoal,

Continuando a série de temas, vou escrever um poquinho sobre um teste para identificar mulheres psicopatas, que irei carinhosamente chamar a partir de agora de mulheres PP.


(A maior psicopata da atualidade)


(Na sequência inversa, primeiro o motivo)


(Agora a causa)


Até tentei incorporar esse outro vídeo do Black Yead Peas, http://www.youtube.com/watch?v=AKy90THxBRo

Vamos por partes então. A idéia em torno desse post, nasceu de uma presepada em que me meti - me envolvi com uma mulher casada, que engravidou...

http://img194.imageshack.us/img194/2135/reves.jpg

Mmas que graças a Deus pelos cálculos o filho nunca poderia ser meu. Guardei com certo alívio o resultado abaixo:

LABORATORIO INGOH

PEDIDO: *********
MÉDICO: *********
ATEND.: 08/09/2009 LOCAL: FEMINA CONVÊNIO: PARTICULAR
Material : Soro

DOSAGEM DA GONADOTROFINA CORIÔNICA (Beta-HCG)


RESULTADO : 23.771,0 mui/ml

Valor de Referência :

Não grávida : 0 a 5,0 mui/mL

Indeterminado : 5,0 a 50,0 mui/mL

Grávida : Superior a 50,0 mui/mL

Homem : Inferior a 5,0 mui/mL

Método : Quimioluminescência - Immulite - DPC.

Obs.: Quando os valores estiverem entre 5 e 50 mui/mL, solicitamos atenção especial para sua

evolução.

NOTAS:

Todo exame pode apresentar resultados falso-positivo ou falso-negativo, dependendo

de vários aspectos clínicos, fisiológicos, patológicos e farmacológicos.

Outras condições além do estado de gravidez, incluindo doença trofoblástica e certos

tumores não-trofoblásticos, podem causar elevação dos níveis de beta-HCG.

Os níveis de beta-HCG podem estar diminuídos em urinas com baixa densidade e mesmo no

soro no início da gravidez, dessa forma o diagnóstico clínico não deve basear-se no resultado

de um único teste isoladamente.

Uma gravidez normal não pode ser distinguida de uma gravidez atípica baseada somente

nos níveis de HCG, além disso o aborto espontâneo pode causar dificuldade na interpretação

dos resultados.

D.U.M.: ?

.......................................................................................

Encaminhei esse resultado à um médico, amigo, que me desse seu parecer:

Olá amigo,
A gestação está avançada, e a USG ?
Acredito que ela está gestante de mais de 12S... Ou seja, mais de 3 meses !!!
Forte abraço,

Enfim. A gente se conhecia a apenas 2 meses e 1 semana - golpe desarmado -, mas ainda sim foi um parto me livrar dessa PP.

http://1.bp.blogspot.com/_3C3nXeyyYjY/SeOrB3hIKZI/AAAAAAAAAc8/t6_79GzuPSs/s320/Sa%C3%ADda_Livre_da_Pris%C3%A3o.jpg

O blog Papo de Homem, recentemente publicou um artigo "Por que muitos homens são reféns das mulheres?" - segue um trecho:


Os homens dependem excessivamente do olhar feminino para agir ou ser alguém. Mas isso não precisa ser assim.

Em dois artigos recentes (“Sobre mulheres imperfeitas e tangíveis” e “A nova revista da velha mulher”), falamos sobre como muitas mulheres se preocupam com o olhar masculino e se guiam por visões que não são delas, gerando sofrimento e insatisfação.

A situação é tão grave que – como bem mostra o documentário italiano O Corpo das Mulheres – até mesmo os comerciais de produtos femininos, direcionados às mulheres, são feitos para os olhos dos homens. Ou seja, a mulher compra o produto para receber o mesmo olhar que a gostosa do comercial captura. A empresária, a produtora, a atriz e a consumidora, todas veem o comercial com um olho que não é delas.

Ambos os artigos receberam excelentes críticas nos comentários, das quais destaco a seguinte, do leitor Paulo de Tarso:

“Eu sempre fui contra a ter ‘papo de mulher’ neste site, e já me posicionei várias vezes quanto a isso. E não é porque sou machista, ou porque quero um clube do bolinha, e sim porque gera essa necessidade de receber aplausos femininos, de agradar esse público, e acaba por desvirtuar o site como um todo.”

O ponto principal não é definir papeis e clubes (o que é ou não é papo de homem) ou se fechar às visões do sexo oposto, mas a perda de nossa autonomia e de nosso direcionamento, equívoco comum a homens e mulheres.

Como já abordamos o assunto para elas, agora é hora de falar para homens que se preocupam com aplausos e agem cegamente de acordo com as demandas e necessidades de outros em geral, não só de suas mulheres.

women-rule
“Mulheres mandam, homens servem”

Então agora fazendo outro paralelo à outro post que li e achei interessante no Efetividade.net - Colocando a vida em ordem com as dicas de... Bruce Lee.


Bruce Lee e Chuck Norris

E as dicas de filosofia de vida que Bruce Lee registrou, quando analisadas separadamente, podem dar boa inspiração e provocar insights. Henrik Edberg montou uma pequena coletânea das dicas de Bruce Lee para colocar a vida em ordem, e eu trago a vocês algumas delas, com a minha própria interpretação:

  • O que você está pensando – hoje? Nossos pensamentos, planos e intenções do dia-a-dia devem refletir nossas metas e objetivos de vida, ou de longo prazo. A tendência é que aquilo que nós pensamos ou pretendemos a cada dia sirva de guia ou de limitação para o que podemos alcançar e produzir, e é muito fácil perder a coerência entre o curto e longo prazos. Leia também: Planejamento estratégico: como aplicar à sua vida
  • Simplifique. A tendência de quem está procurando melhorar a vida é buscar acrescentar coisas. E pode ser bom, mas muitas vezes não temos o tempo ou a energia para realizar (ou aproveitar) o que buscamos acrescentar. Bruce Lee descreveu a sua visão sobre isso assim: “Não é o acréscimo diário, mas o decréscimo diário. Corte fora o que não for essencial”. Definir o que é essencial depende de cada um, mas o número de pessoas que eu conheço que estão estressadas por tentar fazer muitas coisas ao mesmo tempo só aumenta.
  • Aprenda sobre você mesmo observando as suas interações. Ou, como disse Bruce Lee, conhecer a si é estudar a si mesmo em ação com outras pessoas. Como as pessoas interagem com você, ou como reagem à sua presença ou às suas ações, pode ensinar muito a você. Todo mundo já ouviu isso, mas sempre vale lembrar que o que vemos, percebemos e entendemos sobre as outras pessoas pode muitas vezes ser um reflexo do que nós mesmos somos.
  • Veja o todo, e não apenas o seu lado. Não divida. Na hora de analisar algo, deixe de lado o posicionamento, a busca de saber quem está certo e quem está errado. Exceto nos momentos em que desejar ser conduzido pelas suas emoções, se você quer compreender algo, não seja a favor ou contra, observe a partir de uma perspectiva externa – conduza seu pensamento e suas emoções.
  • Não dependa de validação dos outros. Como disse Lee, “não estou neste mundo para satisfazer as suas expectativas, e você não está aqui para satisfazer as minhas.” E mais: “se exibir é a idéia que um tolo faz sobre a glória”. Depender de validação dos outros é uma busca sem fim, e acaba permitindo que os outros (mesmo sem saber) tenham o controle de como você se sente.
  • Seja proativo. Uma coisa é compreender as circunstâncias, e outra é criar oportunidades. É mais difícil não se limitar a seguir o que o resto do rebanho já está fazendo. Mas é mais recompensador, e mais efetivo, liderar e criar a oportunidade de se alcançar os objetivos, apesar das circunstâncias.
  • Seja você. Não adianta encontrar modelos e personalidades bem-sucedidas e tentar repetir seus passos. Você precisa ser você mesmo, expressar quem você é, e ter fé – no estilo “eu sou mais eu”. Seja genuíno e autêntico, e defenda quem você realmente é, e não um personagem.

Tá e ai? Falou... Falou e não chegou a ponto algum.

Os textos estão relacionados, ou seja, se quiser viver uma vida livre - comecesse a se remodelar para não depender da aprovação do olhar de ninguém.

Aprenda a evitar essa situação e você nunca terá mulheres como a do Pedro, me dá meu chiiippp! Não terá mulheres PP como a que eu encontrei pela reta.

E o melhor de tudo, quando você não precisa vencer sempre é mais fácil de ganhar o jogo - isto é, se você não tem urgência na vitória, tem a vantagem da situação ao seu lado.


Tá e como identificar uma mulher psicopata?

Receita de bolo: analise como ela interege com você, com seus amigos e com sua família. Mulheres PP não se dão com nossos amigos mais próximos e com a nossa família. Se você é cabeça dura, pare e repense os motivos: algum amigo seu é fura-olho? Sua mãe ou irmã é ciumenta?

Se você esta com aquele sentimento de que está preso e não consegue contrariar sua PP de estimação, você provalmente já está enrolado.

Esse é um assunto muito complexo e extenso... Terá várias interpretações, eu sei. Mas todas as ferramentas efetivas pra detectar uma chave de cadeia está ai.

Até a próxima.

Um comentário:

  1. Legal hein?

    Textos explicativos, videos, fotos...

    Tá fodástico. POST excelente!

    ResponderExcluir

Se comentar, cerveja nunca vai faltar!